Um mergulho na história de 1968

Uma semana cheia de trabalho e ajustes para o programa temático sobre o ano de 1968. A semana chega ao fim, mas o trabalho não. Algumas matérias ainda estão em edição. Até terça-feira, às 9h, hora da gravação do VIVA elas precisam estar prontas.

Como sempre nossa preocupação é levar ao telespectador mais que simples matérias lembrando a data. O que pretendemos é contextualizar os acontecimentos daquela época com nossos dias atuais.

Para isso, entrevistamos ex-presos políticos, como: Oswald Barroso, Helena Serra Azul, Rosa da Fonseca e Maria Luiza Fontenele. São depoimentos fortes e emocionados de pessoas que viveram anos de repressão e medo.

Além disso, o VIVA Especial/1968 irá contar detalhes do cenário artístico de Fortaleza, como as Caravanas Culturais e o grito da arte.

As bandas Argonautas, Et Circernse, Kapruk e Malditor foram especialmente convidadas para fazer releituras de sucessos das mais importantes canções que marcaram aquela época.

Uma resposta to “Um mergulho na história de 1968”

  1. […] semelhante eu vivi durante a preparação do programa especial do Viva Fortaleza para lembrar os 40 anos de maio de […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: